31 de mai de 2008

Mundo submarino

Como já foi comentado aqui na postagem Ponto de Vista, dependendo de como você vê as coisas, as conclusões podem ser bem diferentes. Neste video eu e minha filha Luiza, estávamos sintonizados no mesmo objetivo, chegamos a mesma conclusão: diversão em família até debaixo da água!

Surf girls

29 de mai de 2008

Estrutura

Para podermos fazer nossas coisas precisamos de ter estrutura. Física e mental. Com o tempo vamos reforçando a estrutura mental. A experência da vida vai nos dando insumos para encarar situações mais críticas com mais tranquilidade. Por outro lado o desgaste das nossas estruturas físicas tendem a dificultar movimentos mais rápidos e disposição para impactos. Dores e limitações em movimentos mais amplos vão limitando manobras mais radicais. Porém, mantendo o espírito motivado e jovem podemos alcançar resultados inesperados mesmo com mais idade. Depois de anos de muita sobrecarga na estrutura de nosso corpo causadas por vôos, vacas e curvas aceleradas, nossa mente se torna principal responsável pela manutenção de toda a nossa estrutura. Cuide bem de seu corpo e mente quando jovem. Assim, ao passar do tempo ainda poderás usufruir dos movimentos que seu cérebro comanda e que fazem sua vida ter sentido. Boas ondas!

26 de mai de 2008

25 de mai de 2008

Galera do surf

Neste feriado de Corpus Christi fomos agraciados com um veranico fora de época em Florianópolis. Sol, calor, água transparente. Não tinha muita onda, o mar estava baixo (começou a subir hoje). Mas pude surfar com uma galera de fé. Treininho em família. No Campeche caimos eu, Paulinho (primo) e Luiza (filha). Tivemos a sorte de acompanhar a turminha da escola de surf do Cizo e a Luiza se animou. Foi o dia em que a Luiza ficou em pé pela primeira vez! Ficou brincando com a prancha do Paulinho emprestada (6" 6') e parece que vamos cair juntos no mar para pegar umas ondas em breve. Surfar de galera é sempre melhor que surfar sozinho.

23 de mai de 2008

Ponto de vista

Podemos ter pontos de vista diferentes. Você olha as coisas com os seus olhos, eu com os meus. Será que o azul que você vê é o mesmo azul que eu vejo? As coisas que vemos durante nossas vidas também nem sempre são as mesmas. Em alguns lugares, como embaixo da água, nossa visão não funciona perfeitamente sem equipamentos. Existe um mundo lá embaixo que geralmente temos pouco contato. Por outro lado, lá encima, bem alto no céu, o visual é muito lindo, porém, distante de tudo. Portanto dependendo de onde você vive, da sua idade, do seu ponto de vista, o seu mundo pode ser totalmente diferente do meu. E daí? Isso não faz você melhor do que eu nem eu melhor do que você. Só nunca se esqueça que outras pessoas podem ter uma visão bem diferente da sua quando olham para a mesma coisa. Aproveitemos estas diferenças nos nossos pontos de vista para tirar o que for de bom para nós todos.

21 de mai de 2008

Clima neste Corpus Christi

Retomamos o assunto de previsão do tempo no Top Wings depois de ficarmos afastado por um fim de semana. Atividades paralelas ao blog (trabalho assalariado) dificultaram novas postagens. Mas aqui estamos nós novamente. Como já falamos aqui antes, previsão para mais do que um dia de antecedência é quase que futorologia. Mas vamos olhar para as tendências e juntar o que dizem alguns sites de meteorologia. Existe uma frente fria se aproximando do sul do Rio Grande do Sul. Mas pelo que se verifica, está vindo com baixa velocidade. Com isto a tendência é termos o clima com o típico pré-frontal (antes de frentes frias). Neblina pela manhã, sol com céu azul, calor e pressão atmosférica baixa. A frente parece que não vai influenciar muito no feriadão. Em Porto Alegre não temos previsões de chuvas significativas, talvez alguma pancada de chuva isolada. Florianópolis idem. O vento tende a ser do quadrante norte fraco, virando para vento sul mais para o final de semana. Portanto o que se apresenta pela frente para este feriado são condições boas para praia. Sem muita espectativa de bons velejos mas um surf em clima agradável, temperatura estável em ondas pequenas. Cuidado com as redes no RS e atenção aos picos fechados pela pesca da Tainha em SC.

18 de mai de 2008

JP

Jason Polakow das pranchas de windsurf JP e seu time arrepiando no video abaixo. Windsurf wave de alto nível. Kauli Seadi, nosso conterrâneo bi-campeão mundial de windsurf wave, desde 2008 também faz parte do time JP.


Amigos do vôo

Como na postagem abaixo, outros animais podem ficar perto de nós durante nossos momentos mais radicais. No caso do vôo de asa delta, os urubus são os amigos naturais que indicam aonde estão as térmicas, aonde está subindo, mostram o caminho. Na foto ao lado, quando eu voava sobre o pedágio de Campo Bom/RS, fiquei baixo e achei que teria que pousar por ali. Aí apareceu um urubu e me mostrou uma térmica que me tirou dali. Consegui voltar para Sapiranga. Este urubu ficou voando comigo, bem perto de mim bastante tempo. Com minha máquina fotográfica consegui uma imagem dele. Brother! Isto aconteceu em 31/jan/2004. Quase quatro anos depois, no dia 15/dez/2007, mais um brodinho aéreo me ajudou. Neste caso eu não estava em nenhuma roubada, estava com boa altura sobre a rampa de Sapiranga. Mas consegui filmar este novo amigo (aparece como um ponto negro no video abaixo), que me acompanhou por um bom tempo numa termal. Ainda na rampa de decolagem, antes deste vôo, o Moa (amigo piloto que aparece voando na sua asa delta numa parte do video) me deu uma pena de urubu que achou na área da rampa. Fixei esta pena na canoinha dos meu instrumentos de vôo e levei ela comigo. Foi meu último vôo de asa delta. Hoje olho os urubus rodando em termais e me lembro destes momentos que voei com eles, os verdadeiros amigos do vôo.

Diversão para todo mundo

É muito legal poder ir surfar com os amigos. Aproveitar os momentos bons que o mar nos proporciona com uma galera sintonizada no astral de dropar as ondas. Quando as ondas são perfeitas então, aí todo mundo pode usufruir das maravilhas da natureza, brincando com velocidade e manobras. Neste video, ondas perfeitas em Jeffrey's Bay. Uma diversidade na galera que aproveitava estas ondas perfeitas!

17 de mai de 2008

Bate e volta de hoje

Saímos cedo de Porto Alegre eu e Monmany. Neblina na free-way. Fomos tentar o surf em Tramandaí. Escolhemos o pico Malvina (a direita do pier). Mar de 1/2 metro com algumas séries com ondas de quase 1 metro. A corrente estava de sul fraca no razo e no outsite não havia corrente significativa. Vento nordeste que foi aumentando com o passar do dia deixando o mar batido e irregular. Água fria mas nem tando, um long ficou de bom tamanho. Surfamos por uma hora. Tempo suficiente para pegar algumas ondas que valeram a viagem. Aliás, sempre vale uma caída em um mar que tenha alguma onda. A remada serve como exercício (hidro-ginástica extreme) e o fato de subir na prancha e dar umas aceleradas faz com que seu cerebelo fique com o surf atualizado. Aí no dia que você pegar um mar bom, o prazer de surfar vai ser grande e o surf deverá sair bem mais fácil do pé.

16 de mai de 2008

Lay back

O lay back é uma manobra do surf que geralmente é usada para dar uma "quebrada" na velô do surfista e posicioná-lo mais perto do tubo (ou espuma). Derivação do cut back e snap back. Uma manobra mais usada no passado e bonita de ver quando é feita fluída sem muita quebra, funcionando como uma "atrasada" mais radical. Levantar do lay back dentro do tubo (e saindo) é o lance. Neste antigo desenho de surf, coloquei o cara numa onda perfeita rasgando num lay back. Não dá para ver, mas a mão direita dele está dentro da água.

14 de mai de 2008

Surf

Este video mostra muito bem o que é o surf. Ondinhas médias, perfeitas, sendo bem surfadas. Tubos e manobras fluidas o tempo todo. Que vontade de cair na água!!

13 de mai de 2008

Secret spot

Um desenho animado de surf de 1974 meio punk...

12 de mai de 2008

Segunda-feira...

De volta a rotina da classe trabalhadora. Sábado e domingo aquele relax. Altas ondas, bons ventos! Dormindo no fim de semana com um sorriso estampado no rosto. Aí vem a segunda-feira... O dia mais distante de todos para o próximo fim de semana. Trabalho... Mas, fazer o que? Só podemos aproveitar bem nossos brinquedos com o dinheiro que ganhamos trabalhando não é mesmo? Bom, só nos resta lembrar que existem os fins de semana e que poderemos em breve estar de novo amarradões com bastante velocidade na pranchinha sobre a água. Amanhã já é terça!

11 de mai de 2008

Mãe

Vamos retribuir para todas as nossas mães uma parte do amor que elas tem por nós. Aproveite este momento e vai lá dar um beijo na(s) sua(s) mãe(s). A mãe natureza, assim como sua mãe natural, merece todo o nosso amor, carinho e respeito. Bons ventos, boas ondas, boa comida e tudo de bom que ela nos dá. Por muitas vezes não damos a devida atenção para ela no nosso dia-a-dia. Obrigado e um beijo de filho!

10 de mai de 2008

Salva Surf

Iniciativas como estas deveriam ser frequentes. Os perigos relacionados com redes de pesca bem esclarecidos para todos os usuários das praias gaúchas. Cada surfista que vai entrar no mar deve ter conhecimento de onde estão as redes e o que fazer em situações de emergência. Parabéns aos responsáveis por este evento do clip abaixo. Pense como podes participar de algo assim. Procure se capacitar para enfrentar situações adversas e poder ajudar a salvar vidas.

Bate e volta

Pessoas que moram em cidades de beira de praia não entendem como pode haver tantas surfshops em cidades como Porto Alegre. Acontece que os surfistas para tomar um banho de mar, dão uma esticada até o litoral do RS numa viagem de cerca de 130 km ida e 130 km volta. O chamado bate e volta. Hoje fizemos um bate e volta para Tramandaí e surfamos ao lado do pier (plataforma) de lá. Na esquerda do pier no pico que chamam de "back door". Surfei muito tempo no Rio e em SC e sempre vi o mar do RS como uma "força barra". Mas o mar de hoje estava fantástico! Vento terral fraco, direitas abrindo com tubos em ondas de cerca de 1 metro de altura. ALTAS ONDAS!

Não é para qualquer um

Vento de 50 nós (quase 100 km/h) e ondas grandes no Hawaii. Fundo de pedra. Condição para prática de windsurf para experientes. Robby Naish e Jason Polakow estavam lá. Fevereiro de 2007.

9 de mai de 2008

Fim de semana 10 e 11 de maio de 2008

A tendência para este fim de semana no litoral do RS e SC é de sol, vento fraco do quadrante sul e esfriando. Pressão atmosféria alta, sem previsão de chuvas. Temperatura baixando mais, na faixa de 10 a 20 graus Celsius. Possível nevoeiro pela manhã, alguma nuvem baixa (que some) e céu azulando total ao longo do dia. Em relação as ondas, parece que o mar está e estará baixo. Merrecation. Se tiver onda 1 metro é um tsunami anão. Tá com cara de surf sem stress (surfzinho senil...), bom para quem está aprendendo, muito tempo parado ou sem nada melhor para fazer. A ondulação vem de SSE. Com este frio, não deve ter crowd. Leva o long e vamos nessa! Surf. Em relação ao windsurf, pelo que diz o site Windguru hoje, se tiver algum velejo vai ser domingo (dia das mães irmão!) no período da tarde no Guaíba. Boas ondas, Neko.

Chile

8 de mai de 2008

Limitação que está na sua cabeça

Por vezes reclamamos da vida por coisas irrelevantes. Muitos de nós, em plena forma física, deixam a vida passar com suas coisas boas inexploradas. Mas outros, mais ligados no que acontece em nossa volta, aproveitam as energias boas da natureza e curtem o que há de bom. Do seu jeito. Lois Neubauer é um cara destes. Um exemplo.

O lado escondido de Teahupoo

7 de mai de 2008

Rato de praia voador

Céus! É o Batman! Bateria homem a homem com o Coringa! (que campeonato esquisito...). O Homem-morcego decepcionou nesta. Que estilinho!...


6 de mai de 2008

Perigo invisível

Alguns sites como o Surfsauros e Clubsurf (clique nestes links e leiam estas importantes matérias) vem alertando a galera do surf do RS sobre um perigo que ronda as ondas do estado, principalmente nesta época do ano. Redes de pesca lançadas, perdidas, irregulares, de vários tipos, podem ser encontradas no litoral do Rio Grande do Sul. Geralmente temos correntes marítimas que nos levam de um lugar para outro na entrada no mar. Por vezes correntes laterais fortes. Se por acaso nos deparamos com estas redes, o pior pode acontecer. O que pode ser feito preventivamente, é uma "inspeção" pelo surfista da área a ser surfada na procura de redes, que podem até ser redes perdidas. Surfar sempre que possível perto das plataformas (Cidreira, Tramandaí e Atlântida) e evitar "derivar" muito na correnteza em praia aberta. Mas na real o que deveríamos ter é uma legislação e uma fiscalização mais fortes visando a manutenção segura do surf neste litoral. Nada fácil. E por enquanto corremos riscos de aumento de uma estatística triste. Temos que pensar em algo urgente para solução desta tragédia eminente.

Onda atrás de onda

Na postagem abaixo uma imagem de uma onda maravilhosa de ontem. Nesta, uma imagem de uma onda maravilhosa de 33 anos atrás... A foto eu tirei na praia da Barra da Tijuca no Rio. Mar perfeito de 1,5 a 2 metros. Terralzinho, uma vala para entrar. E acredite, caí sozinho neste pico. Desde que tem água no nosso planeta, tem onda terráquea. Imagine quantas ondas maravilhosas já quebraram sem que nem ao menos um surfista pudesse ver. E de noite? Continuam lá. Hoje é muito difícil poder cair num mar destes sozinho depois das 6h da manhã. Mas se a galera se respeitar, é possível que vários surfistas possam ter o prazer de dropar maravilhas como estas. Tem onda pra todo mundo.

5 de mai de 2008

É Mole?

Praia Mole/SC hoje! Foto do site ONDASDOSUL que tem várias imagens diárias de praias de vários lugares do sul do Brasil. Um site que deve ser visitado diáriamente por todo o surfista que quer dar uma checada no swell antes do banho. No nosso site do Top Wings, estão linkadas algumas fotos do ONDASDOSUL abaixo á direita.

4 de mai de 2008

Cursores Radicais

Você tem o seu computador de uso pessoal e já mudou o papel de parede para uma foto que tem mais a ver contigo, certo? Então, aquela setinha que você pilota com o mouse ainda é aquela que veio no Windows? Pois é, se você gostaria de surfar, windsurfar ou voar de asa delta na sua tela do computador, seus problemas acabaram! Criei cursores de surf, windsurf e asa delta para substituição da setinha de sempre. Os cursores são as imagens acima com os nomes que aparecem abaixo de cada uma delas. Para você fazer elas funcionarem no seu computador, faça o seguinte:
1) Clique com o botão direito do seu mouse sobre o seu esporte escolhido abaixo e "salve destino como" (save target as) o "arquivo.cur" no seu disco rígido.
a) Surf
2) Salve o arquivo no seu computador, de preferência no diretório C:\windows\cursors
3) Pelo painel de controle, clique na opção mouse e lá em ponteiros. Escolha agora (browser) o ponteiro que você salvou e aceite a seleção (aplicar ou apply).
Pronto! A navegação com o mouse na tela do seu computador ficou com outra cara!

Mais ratos de praia

Se você acompanha o Top Wings desde o início, se lembra que 2008 é o ano do rato. Já viu também um filme de ação com ratos de praia, os caras arrebentando nas ondas! Agora, mais um filme. Tow-in, floaters, ondas paradisíacas, perfeitas! Os caras estão se superando. Rato de praia é sempre rato de praia. Não interessa o tamanho nem a raça. Surf no pé!

3 de mai de 2008

Site de meteorologia atualizado

Com este evento do ciclone extratropical em pauta, aproveitei e atualizei o site de meteorologia que criei. Haviam alguns links que estavam vencidos. Este site foi criado em abril de 2002 e tem atalhos interessantes para a variável de previsão do tempo que deseje verificar. A forma de utilizar é simples. Clicando sobre a palavra meteorologia, o site direciona para outro site com um resumo das principais previsões para a região sul. Confira.

Ventou? Oba!

Enquanto a maioria da população olha para vento forte como algo indesejado, uma galera mais acostumada com ar em movimento fica feliz. O pessoal do windsurf, por exemplo, está sempre atrás do vento. Quanto mais forte o vento, menor a vela, mais adrenalina. Claro que tudo tem limite. Já tinhamos postado há dias atrás, algo a respeito sob o título de Windsurfing History. Já nesse video abaixo, outros windsurfistas aproveitando vento extremo. Galera da Áustria (como no outro video de ventão). Um deles, que também participou da edição do video, chama-se Tom Föda... Não á qualquer um que encara uma ventaca destas!

2 de mai de 2008

Informe extraórdinário sobre o ciclone extratropical

Chuva, chuva e mais chuva. A influência do ciclone extratropical sobre nossa rotina nesse feriadão está sendo avassaladora! A população está sendo aconselhada a permanecer dentro de suas casas, atentas aos efeitos do clima extremo. Aí, nesse ócio todo, saem coisas como essas abaixo...

Ciclone extratropical na área

Muita chuva, muito vento e muita onda. Um ciclone extratropical está chegando aqui na área do sul do Brasil. Falam em ventos fortes e ressaca (urrú!). Atrapalhou a calma do feriadão de muita gente, afinal a maioria quer conforto e chuva atrapalha (não para os que realmente curtem os esportes na água). O mar ficou muito batido e poucos picos (os mais protegidos) devem ter boas ondas. Mas deve rolar um velejo! Confira uma matéria bem feita e bem completa sobre este ciclone extratropical que está por aqui neste link do site do Metsul.