30 de jun de 2009

Hang Loose - Imbituba/SC

Enquanto estiver rolando, acompanhe no link abaixo:

29 de jun de 2009

Família no surf

De tempos em tempos vemos aqui no Top Wings algum primo do surf. Na foto um dia em que juntamos um monte deles numa confraternização a base de tainha assada e muita alegria. O assunto não poderia ser outro, SURF! Até o Luquinhas deu seus palpites.

28 de jun de 2009

Galera

Muito melhor do que cair sozinho num pico de surf quebrando altas ondas é cair neste pico com alguns amigos. O surf com uma galera legal é certeza de diversão e fortalecimento da amizade entre surfistas. Afinal todos vibram com a boa onda do outro. Astral! A arte é do John Severson.

27 de jun de 2009

Mar opaco

Ondas transparentes são muito fotogênicas, ainda mais num dia de vento terral, fundo razo e com muito sol. Mas o fotógrafo Clark Little mostra nesta foto, de dentro de um tubo, que mesmo não sendo uma água cristalina um tubo de uma onda continua sendo lindo.

26 de jun de 2009

Drop atrasado

Olhando a foto você deve pensar que qualquer velha dropa atrasado onda buraco, certo? Certo! Só que a maioria delas cai... O drop atrasado em onda cavada é uma manobra de muita técnica e reflexo. Entrar numa onda gordinha e depois de já estar em pé, encaixado na base se preparar para uma onda buraco é o sonho. Já um dia onde o fundo razo levanta um lip rápido a remada de entrada na onda é muito importante. Veja a senhora ao lado. Se levantou super rápido, está se preparando para encaixar lá dentro!

25 de jun de 2009

Acessibilidade

Muito legal ver um trabalho deste no meio do surf. Muita gente sonha em poder pegar umas  ondinhas e neste video pode-se ver que tem uma galera ajudando a este sonho se realizar para alguns que não tiveram a mesma sorte que a maioria de nós. Momentos de felicidade e realização com muito pouco. Nada mais do que um pouco de solidariedade e umas marolas.

24 de jun de 2009

Mais inovação nas pranchas surf

Guga Arruda, o primo da Power Light Surfboards, continua na sua rotina de inovação nas suas pranchas de surf. A novidade agora é a combinação inteligente de materiais. Prancha com o deck blindado. Usando materiais leves e resistentes no revestimento dos bólidos, Guga fabricou algumas pranchas com uma camada de Classic Wood na região da base do surfista. Como o revestimento de madeira tem uma excelente resistência ao amassamento, a prancha com a combinação com kevlar ou fibra de carbono no fundo fica otimizada. Leve, flexivel e super resistente. A prancha ao lado, com o revestimento de madeira na região da base e o restante com Kevlar foi encomendada pelo surfista Guilherme Herdy. Guga deverá estar entregando o brinquedo para o feliz dono em breve.

23 de jun de 2009

Localismo

O site Wavetoon frequentemente posta mensagens muito legais e positivas. Essa Segunda-Feira Maneira foi sobre localismo.

22 de jun de 2009

Herdeiros

A maioria dos surfistas de verdade gostaria de ter um filho surfista de verdade. É o que acontece com a dupla de surfistas de verdade David e Pedro Husadel. Ambos meus primos! David, pode não parecer, á pai do Pedro. Os dois são matadores de ondas. O Pedro está atualmente nos Estados Unidos em treinamento. Participa de seguidos campeonatos de surf e vem se dando bem como temos acompanhado aqui no Top Wings. Saiu uma matéria sobre os dois e esta relação pai x filho top competition na revista Blackwater. As imagens desta postagem foram capturadas do site.

21 de jun de 2009

Lenha

Lenha no windsurf quer dizer vento muito forte. Quanto mais forte o vento, menor a vela. Se você não tem uma vela apropriada para vento forte e encara o tufão com vela maior do que a adequada, o velejo não é prazeiroso. Fica até difícil de se manter sobre a prancha. Na foto eu no Rio Guaíba a poucas semanas atrás num dia de vento Minuano muito forte. Uma lenha! Entrei com uma vela tamanho 6.5 (Gaastra Pilot) num vento de uns 30 nós. Não consegui fechar a vela no vento e em baixa velocidade de deslocamento minha prancha queria "voar" sozinha. Não foi um velejo que valeu a pena... O frio administrei sem problemas. Já o velejo...

20 de jun de 2009

Prata

Outra imagem mágica do Clark Little.

19 de jun de 2009

Circuito de Inverno Costa Doce - Primeira Etapa

Renato Pozolo da Raia 1 manda este toque. São Lourenço do Sul/RS é um lugar muito bonito e bom para velejo de windsurf.

Jack O'Neill

Navegando pelo Surf4ever, achei este video sobre o Jack O'Neill. Quem surfa conhece a marca. Eu não conhecia a história do Jack. As imagens e a mensagem deste video da O'Neill ficaram muito legais. Precisei guardar aqui no Top Wings, tudo a ver.

18 de jun de 2009

The Junior Lifeguard Movie

Filme de 20 minutos contando uma história (em inglês), em desenho animado, de uma escola da salva-vidas no Hawaii. No meio da história ensinamentos importantes para socorro de afogados com pranchas de surf. Veja o filme e vais perceber ao final que aprendeste algo novo em relação ao salvamento de pessoas durante o seu surf do dia a dia. Divertido.

Ana Sofia conquista sul-brasileiro de windsurf

Já havíamos alertado aqui no Top Wings sobre o talento da Ana Sofia. Taí a prova! (Reprodução de postagem do blog Formula Experience)

A atleta gaúcha Ana Sofia Belloli Cardoso (Raia 1 / Eletromedsul Raios X / Office Tecnologia / Engemauticos / Proesporte), 30 anos, ficou em primeiro lugar no 3º Campeonato Sul-brasileiro de Windsurf de Fórmula Experience – categoria feminino, realizado no Iate Clube de Santa Catarina Veleiros da Ilha, de 11 a 14 de junho, na praia de Jurerê, em Florianópolis (SC ). Foram realizadas três regatas, porém, o vento permitiu a realização das mesmas somente no primeiro dia de competição. Única gaúcha a competir na modalidade fórmula experience, Ana Sofia iniciou no esporte há pouco mais de um ano. Nesse período, já conquistou dois campeonatos gaúchos (modalidades fórmula windsurf e speed) e é a quinta colocada no ranking brasileiro na speed. Na Fórmula Experience, os equipamentos são padronizados nas competições, o que favorece que a técnica seja o alvo da competição e não as variações de equipamento de cada velejador. Ana Sofia pretende intensificar os treinamentovisando a etapa do campeonato brasileiro previsto para o mês de agosto, em Brasília (DF ): Minha participação ainda depende de patrocínio”, comentou ela, comemorando a conquista no sul-brasileiro. Foto: Ana Sofia durante a disputa no campeonato sul-brasileiro, em Florianóplois (SC ).

17 de jun de 2009

Dode - Punta del Diablo, Uruguai

Dode é mais um primo internacional. Além de Guga Arruda, Renato Hickel, Luciano Smith, David e Pedro Husadel, Dode já surfou em outros países. Esse cut back invocado dele aí foi no Uruguai, Punta del Diablo.

16 de jun de 2009

Minha primeira prancha de surf

Na foto ao lado, eu sou o da esquerda e o Carlos Eugênio, amigo do colégio e do surf é o da direita. Estávamos na praia de Geribá em Buzios/RJ. A prancha que ostento, uma Caneco 7'0" monoquilha, foi a minha primeira prancha de surf. Na foto eu com um ano de surf, 15 anos de idade (1975). Para eu ganhar dos meus pais a minha primeira prancha, tive que implorar! Negociar, argumentar, encher o saco deles. Eu queria muito surfar. Já pegava minha ondas com pranchas de isopor (Planonda e Copacabana) e ensaiava uns tubos e surf de joelho nelas, desde pequeno. Iniciei no esporte com muita vontade, fissurado mesmo. Ia a praia a pé, no frio (sem roupas de borracha) e ficava horas dentro da água. Hoje em dia percebo que as coisas mudaram muito. Existem muitos pais surfistas e muita opção de equipamentos e acessórios no mercado. Os meninos e meninas hoje ganham tudo muito mais fácil. As vezes sem pedir. E nessa gurizada, quantos imploraram para surfar? Quem vai a praia atualmente num dia frio? Quem acorda de madrugada para pegar as ondas cedo? Não somos muitos. Como o surf caiu no colo do adolescente, nem todos dão o valor ou se fissuram de verdade pelo esporte. Claro que ainda tem muito surfista iniciante empolgado. Mas me parece que antigamente o cara que queria surfar queria mesmo, tinha que vencer mais obstáculos. Talvez por isto ainda é possível ver alguns surfistas de mais de 40 anos na ativa. São os sobreviventes das primeiras gerações, os realmente fissurados. Me classifico neste grupo. E você? Continua fissurado pelo esporte? Tem surfado?

15 de jun de 2009

ANTI-SURF em Tramandaí/RS

Esta postagem é um alerta para você que surfa ou pretende surfar no estado do Rio Grande do Sul!
Específicamente em Tramandaí. O litoral do RS é uma praia única. Do Chuí a Torres, os poucos recortes deste litoral são: entrada da Lagoa dos Patos, algumas saídas de rios e finalmente em Torres existe um quebra-mar e alguns costões de pedra. Torres é outra praia, sem sombra de dúvidas a melhor para o surf no RS. Não faz mais parte desta linha reta de areia que é o restante do litoral gaúcho. Ao longo desta imensa praia existem plataformas de pesca que também servem para "arrumar" um pouco mais os bancos de areia fazendo com que por alguns períodos do ano possa ter uma formação melhor de onda para o surf. As plataformas estão em Cidreira, Tramandaí e Atlântida. Passado o verão, redes de pesca são lançadas ao longo da praia, restringindo muito as áreas seguras para surf. Cidreira, Tramandaí, Atlântida e Torres seriam as únicas partes desta enorme praia menos perigosas. Teóricamente existem áreas para surf durante o período de pesca (redes ilegais são lançadas nestas áreas também). 48 surfistas já morreram presos em redes de pesca neste litoral. No inverno, com o frio do sul do Brasil, a prática do surf diminui muito (apesar de ter mais ondas) pois entre os que tem prancha de surf em casa, muitos só entram na água quando as condições de temperatura não são muito extremas. É frio fora da água e frio dentro da água. Água normalmente opaca. Venta muito na região. No verão vento nordeste forte é muito comum. No inverno ventos do quadrantes sul. Com o vento, correntes laterais aparecem na praia. Dificultando o posicionamento no pico e tornando a prática do surf extremamente perigosa pelo problema das redes de pesca. Com correnteza, se um surfista for pressionado contra estas redes, tem pouca chance de sobrevivência. Vento forte lateral ou vindo do mar estragam as ondas. Mas mesmo assim tem onda para surfar nesta enorme praia! Quando a correnteza é fraca, o vento é fraco ou terral (ventos do quadrante oeste) e em algum ponto existe um banco de areia, rolam algumas ondas surfáveis. Parece pouco provável, mas alguns poucos surfistas de nome, respeitados e com excelente técnica podem ser encontrados nesta praia! Torres tem vários. Somando toda esta adversidade para encontrar um bom dia de surf nesta enorme praia, o pico mais lógico para quem mora em Porto Alegre (Canoas, Cachoeirinha, Gravataí, São Leopoldo, Novo Hamburgo, e redondezas) e quer surfar na praia mais próxima de casa sem muito perigo de redes de pesca é TRAMANDAÍ. Ocorre que nesta praia, ciclicamente aparecem marginais vestidos de surfistas, utilizando suas pranchas como armas tentando intimidar os praticantes de surf com atitudes violentas. Eu vinha surfando em Tramandaí ultimamente mas estou decidido a procurar outro pico nesta enorme praia (Torres é o paraíso, Atlântida minha próxima opção). Nesta última quarta-feira, feriado fui vítima de agressão dentro da água enquanto eu surfava uma onda em Tramandaí. Durante minha onda do nada um pranchão foi atirado em minha direção. Sem justificativa. Felizmente não me feri nem meu equipamento foi danificado. Não entendi nada. Atitude criminosa que merece enquadramento judicial. Caso para Polícia. Não pretendo surfar para me envolver em situações como estas. Muito pelo contrário. Para mim surf é saúde mental e física. Relaxamento. Não recomendo que você, surfista que pega onda, passe por isto. NÃO SURFE EM TRAMANDAÍ! Não deixe seu filho ir sozinho surfar nesta praia. Não vale a pena. Não tem onda melhor que os outros picos desta enorme praia gaúcha e a chance de você sofrer agressão de elementos criminosos e se incomodar lá é grande! Praia com um pouco de surf onde impera o ANTI-SURF!

14 de jun de 2009

13 de jun de 2009

Snap

O primo Luciano rasgando com violência uma direita. Manobra de velocidade!

12 de jun de 2009

Windsurfing MMX

Renan, velejador de windsurf, navegando na Internet achou algo para minimizar a falta de bons ventos do outono/inverno e mandou este recado:
"Aí galera fissurada!!!! Segue um link para amenizar a vontade de velejar. Não é a mesma coisa, mas com a falta de alternativa.....".

11 de jun de 2009

Guardians of the sea

Mais uma vez um filme sobre os salva-vidas em praias do Hawaii. Nomes como os legendários Duke Kahanamoku e Eddie Aikau, surfistas de renome e salva-vidas no Hawaii.

10 de jun de 2009

9 de jun de 2009

Foto?

Não é uma foto! É mais uma obra do Patrick Parker. Algum secret spot em algum lugar do mundo imaginário onde só os artistas conseguem estar lá. Nós ficamos com a imagem e com a imaginação. 

8 de jun de 2009

GoPro

GoPro é uma camerazinha digital a prova d'água que vem ganhando espaço no surf. Alguns conhecidos testam seus primeiros videos de surf filmando imagens molhadas. No video abaixo, tres ondas em Teahupoo. O mar não estava imenso mas as imagens de dentro do tubo ficaram legais.

6 de jun de 2009

Inverno

Tem surfista que abandona o esporte no inverno. Ótimo! O inverno se torna uma estação onde os que realmente querem pegar onda vão para a praia. Menos crowd, mais ondas. Mas realmente o frio atrapalha um pouco. Mas como atualmente dispomos de vários meios de combater o frio, vamos para água! E tem uns caras, como o da foto, que arrepiam nas ondas no inverno!

5 de jun de 2009

Decolagens

Em 2007, ano que parei de voar de asa delta, não pude ir à temporada anual de vôos em Brasília. Mesmo assim recebi pela Internet muitos videos e imagens do pessoal que estava lá. Na ocasião eu publicava diariamente no blog ASA DELTA RS, notícias e novidades sobre vôo livre de asa delta no estado onde eu praticava este esporte. Editei então este video abaixo com uma coletânea de decolagens na rampa de Brasilia. Se não me engano são 58 decolagens.

4 de jun de 2009

Anjos motorizados

No Hawaii e em lugares onde quebram grande ondas, os salva-vidas de jet ski tem um valor inestimável. Quando a situação não está muito boa para alguém na arrebentação de um dia mar mais casca, em poucos segundos estas pessoas podem ser resgatadas por estes corajosos anjos da guarda. No filme abaixo, Hawaii.

3 de jun de 2009

Magic Fish

No fim de semana de 23 e 24 de maio deste ano, fomos agraciados aqui no RS (onde moro) com dois dias num fim de semana sem vento na praia. Isto significa maior probabilidade de mar sem correntes laterais e de quebrar ondas melhores. Mar com 1/2 metro abrindo mais para as direitas, swell de sudeste. Condições ideais para molhar a minha fish 5' 6" Power Light. A fishizinha, quatro quilhas, tem um surf redondo que permite aceleradas bem legais. Como tem boa flutuação a entrada na remada é bem mais fácil. Pelo tamanho e outline, suas curvas são automáticas e fluídas, não é derrapenta como a maioria das fish bi quilha. Na foto, eu acertando um cut back com o brinquedo no dia 24 de maio, foto do Anderson Scheffel. Que pranchinha! Eu, estava fora do surf a um tempão e já com uma certa idade, consigo acertar uma manobra, imagina você que tá com surf no pé... Prancha boa também para aquele surfista iniciante que está começando a manobrar nas ondas. Pranchinha ideal para quem quer surf recreação. Quer uma? Faça contato comigo ou direto com o Guga Arruda.

2 de jun de 2009

Tubo de back side IV

Não podíamos deixar os tubos de back side de Teahupoo de fora desta sessão. Na foto Taj Burrow na final de 2009. Encaixado lá dentro numa imagem muito legal. Nos videos abaixo, um tubo do Mick Fanning e outro do Taylor Knox. Todos visuais do mesmo campeonato nessa fábrica de tubos.


1 de jun de 2009

Pedro Husadel vence mais um na Califórnia

O Pai do Pedro, o primo David Husadel, manda notícias da jornada de competições de Pedro Husadel no exterior:
"Pedro competiu nas últimas três etapas da Christian Surfing Federation na Califórnia e venceu as três. Mission Bay, Santa Cruz e Oceanside. Mesmo competindo somente em três das oito etapas, ele terminou o Circuito na segunda colocação. O site da CSF teceu bons elogios do brasileiro que promete bom desempenho em futuros campeonatos. No inicio de junho Pedro competirá no Pro junior da ASP em 56th Street em Newport Beach/Califórnia".
The Juniors Division 15-17 Year Olds. The young stars of the Juniors Division are always keeping things fresh with their sinister new moves and increasingly high completion ratios. New comer to the CSF, Harrison Adler paired two good scores right in the middle of the juniors final to take home third place. 2009 overall Juniors division winner and all around solid guy Levi Gregory pulled down second place for the day and will be heading off on a trip to El Salvador compliments of CSF and Sean Mattison at Surf Coach USA. Have you seen the Brazilian version of a young darker Mick Fanning? He goes by the name of Pedro Husadel and he's got the competition thing pretty wired. Razor sharp hits, linked sections and good vibes being his typical heat strategy. It's paying off too, as he nabbed his third juniors division win in as many chances. I guess we've been warned. Link.