30 de nov de 2009

Surf lunar

Surf 24 horas por dia! Só mesmo com Steven Power. Mais uma obra com o estilo "foto" do Steven. Literalmente uma pintura!

29 de nov de 2009

Santinho

Continua lá. Peguei muitas ondas no passado na praia do Santinho/SC quando morei em Florianópolis. Nesses últimos feriados ganhei presentes dentro da água na mesma praia. Me diverti num dia lindo com boas ondas. Foto Neyda.

28 de nov de 2009

H2

Mais um video legal da Neil Pryde promovendo suas velas 2010. Nesse aí a vela para slalom free ride, a H2.

27 de nov de 2009

Monstro

Hilton Alves resolveu colocar juntos dois monstros nesta pintura. Se ficar o bicho pega, se correr o bicho come. MÓRRA!

26 de nov de 2009

Freak wave

No dia 19 deste mês um evento climático extremo no sul do Brasil gerou uma série de prejuízos, vítimas e dúvidas. Em Florianópolis uma grande onda varreu algumas praias e fez pessoas pensarem que poderia ter sido um tsunami! Tsunami como sabemos é consequência de terremotos no fundo do mar. Temos terremotos no fundo do mar do Brasil? Fiquei curioso sobre o assunto e em pesquisas achei este documentário sobre as tais "freak waves". A indústria naval dimensiona as embarcações baseado em modelos matemáticos lineares e alguns estudiosos no assunto estão chegando a outras conclusões mais recentes sobre a origens dessas ondas monstruosas e misteriosas. Pelo que pode ser visto neste documentário de 5 partes, muita coisa ainda não está totalmente explicada pela ciência. Quando você tiver 1h do seu tempo disponível, veja todas as 5 partes do documentário e tire suas próprias conclusões. No mínimo entender o que está acontecendo ao nosso redor e o que podemos fazer para evitar situações indesejadas. Pelo menos saber qual a probabilidade de acontecerem na região em que vivemos. Concluindo, a cada dia que passa aprendemos que temos muita coisa ainda para aprender...

Parte 1 de 5.



Parte 2 de 5.



Parte 3 de 5.



Parte 4 de 5.



Parte 5 de 5.



E a seguir partes do relato do surfista local Gerson que estava dentro da água, surfando, na Praia do Matadeiro no sul da ilha de Florianópolis/SC no momento que esta onda devastadora chegou:

"... Eu e o Phillipe estávamos no Matadeiro neste dia. 20 minutos antes da Freak Wave, o vento parou totalmente, bateu aquele mormaço e de repente pude notar que o mar sofria uma enorme transformação, questão de 2 minutos. O mar passou de meio metro a um metrão, pessoal começou a se olhar diferente e ninguém estava entendendo nada. De repente cai um sudoeste forte, vira pra leste e o mar começa a ficar cabuloso, as ondas atingiam 1.5 com séries maiores e insurfáveis, a maré não estava cheia e de repente a água do mar ia lá embaixo do bar do Alécio e voltava numa velocidade fora do normal, a onda entrava alinhada na praia inteira e fechando, lance impressionante, foi onde falei pro Phillipe, a primeira que vir vou embora. Botei pra baixo numa nega daquelas que meu Deus cheguei a ver a areia passando por baixo da prancha e quando a espumarada me catou, credo oOoOoO, me jogou longe, a velocidade e a força da onda era impressionante. Quando estávamos subindo o costão pela trilha, seguindo em direção ao riozinho, pra atravessá-lo, entro o PAU de vento sul. Não sei se você conhece a comunidade de pescadores que tem ali na Praia da Armação, local, por onde a maioria dos turistas acessam a praia. Quando iniciei nosso trajeto ali por dentro, só pra ti ter noção, eu e o PH, tivemos que nos encostar numa das paredes e travar os pés no chão, em virtude da forte força do vento, onde a gente dava 2 passos pra trás e meio passo pra frente, lance impressionante. Ficamos ali naquele corredor por uns 3 minutos, tempo que durou aquela cena e pude ver a freak wave entrar na curva da Armação, meu Deus, uma onda inteira entrando por trás da ilha que fica em frente a Armação e numa velocidade fora da normal. Ali naquele local, os pescadores tiveram muiiiiita sorte, pois o canto esquerdo do costão do Matadeiro e a ilha protejeram as embarcações. Como o vento entrou muito forte, também não ficou nenhum turista na praia, sendo assim, ninguém foi atingido. Saindo dali, a minha preocupação era passar pela rodovia entre o Caldeirão e o Morro das Pedras. Pra você ter idéia da força do mar ali, as ondas batiam 1,5m a 2,0m acima do normal e a espuma vinha por cima do asfalto.... Hoje fico imaginando se isso tivesse acontecido em período de temporada com praias lotadas..."

25 de nov de 2009

Sereias te olhando

Normalmente na praia surfistas não tiram o olho das sereias que povoam as areias e chamam atenção de todos. Mas dentro da água, são elas que nos olham... David Pu'u comprova.

24 de nov de 2009

Floater perfeito

Mais uma do Dode, o rei do floater.

23 de nov de 2009

Grandes amigos

Sempre que praticamos algum esporte é inevitável que depois de um tempo acabamos fazendo grandes amigos! No surf não poderia ser diferente.

22 de nov de 2009

Série

Vem lá de trás. Quebram mais no fundo. Uma sequência sempre esperada para quem está no surf. Essa é do Patrick Parker.

21 de nov de 2009

Tsunami na Joaquina?...

Renato, primo do surf, repassou esta foto que recebeu por e-mail. No dia 19 de novembro, anteontem, passamos por situações climáticas extremas no sul do Brasil. Por volta do meio dia aconteceu uma virada do tempo impressionante. Estava muito calor e o céu foi ficando negro. Logo ventos fortes começaram e veio uma chuva torrencial. O dia virou noite. Na região da grande Porto Alegre algumas vítimas que foram atingidas por muros, postes e outros objetos que "voavam" pelas ruas. Em Florianópolis houveram relatos de ondas imensas que chamaram de "tsunamis". Tsunamis na realidade são formados como consequência de terremotos no fundo do mar. Essa super onda (a da foto foi registrada na praia da Joaquina em Florianópolis) deve ter sido uma consequência deste ciclone mais ao sul do Brasil. Ventos de 130 km/h foram registrados no litoral do RS. 90 km/h no aeroporto em Porto Alegre. O que assusta é que cada vez mais frequentemente somos surpreendidos por fenômenos da natureza que nunca haviam acontecido antes com tamanha intensidade. Talvez tenhamos que pagar um preço alto para a concientização das populações em relação a preservação de seu habitat natural. O planeta Terra. Abaixo um video amador na praia do Pantano do Sul, sul da ilha de Florianópolis, no mesmo dia.

Vulto

De Pedro Husadel na Califórnia, Trestles.

20 de nov de 2009

Menino do Rio

Em Porto Alegre/RS! Olha que situação... O que faz a distância do mar com um ser humano. Prêmio coliforme de ouro. O Arroio Dilúvio, cruza Porto Alegre e a sua água não é potável. Coisas bizarras normalmente boiam por ali...




Jeff Divine

Iniciamos hoje no Top Wings uma sequência postagens com fotos do Jeff Divine. Com mais de 30 anos de carreira como fotógrafo, Jeff tem muito a nos mostrar. Aguarde! Em breve aqui mais imagens legais capturadas por Jeff Divine.

19 de nov de 2009

Um pouco mais de Guga Arruda

Meu grande brother, primo e guru do surf GUGA ARRUDA mostrando um pouco do seu dia a dia.

18 de nov de 2009

Oceano global

Muitas vezes olhamos apenas para o que vemos. Atmosfera e superfície da Terra. Mas o que nem todos sabem é que o oceano tem um papel fundamental na nossa vida. Mesmo estando distante do mar, sua existência nos influencia. Metade do oxigênio que respiramos é produzido por pequenos seres do mar.

17 de nov de 2009

Dicas para início de velejo

O tipo esporte que escolhemos para praticar dependo de alguns fatores. O tipo do grupo (perfil dos praticantes), custo, disponibilidade de condições geográficas e climáticas adequadas, etc. Uns preferem windsurf outros kitesurf. Asa delta ou paraglider? Cada um tem seu estilo, sua preferência. E isto não faz nenhum praticante de determinado esporte melhor do que outro. Mas se me perguntares o que eu acho, minha opinião, meu gosto, aí virão minhas escolhas e preferências. Não me importo de ter um equipamento mais difícil de montar, de guardar, de comprar. O que quero é o prazer de praticar. Portanto, para brincar no vento, WINDSURF é a escolha. Na imagem o lado algumas dicas para iniciar o seu primeiro velejo.

16 de nov de 2009

Secret spot

Olha essa foto! Desculpe, não é foto... Steven Power, o mago da surf art muitas vezes pode ser confundido com um fotógrafo. Na imagem aquele pico paradisíaco em algum país tropical rolando altas ondas com ZERO crowd. Tá, agora acorda e vai encarar aquele crowd com água fria, merreca num vento maral...

15 de nov de 2009

Hora de surfar

Sempre achamos uma "horinha" para pegar umas ondas. No mar, ficamos horas e horas surfando. O tempo passa e vamos melhorando nossa técnica e aprimorando manobras novas. Nas primeiras horas da manhã os mais fissurados vêem o sol nascer. Mas o tempo não é tão importante assim para nós do surf. Pelo contrário. Momento de esquecer do tempo, relaxar, desopilar. O tempo é só o que precisamos para dividir distância e conhecimento e transformar em velocidade!

14 de nov de 2009

Vintage surfboards

Surfando na Internet achei este site onde pode-se encontrar imagens de propagandas de várias marcas de pranchas de surf das antigas. Quem surfou no fim dos anos 70 início dos anos 80 deve se lembrar de um brinquedo como o da foto ao lado. Bólido! Monoquilha stinger swallow!

13 de nov de 2009

Onda

Sempre estiveram por aí e sempre estarão.

12 de nov de 2009

30.000

Alou galera. Estamos chegando a 30.000 acessos no Top Wings. Obrigado pelas visitas, comentários e contribuições. As publicações aqui são diárias sempre relacionadas à surf, windsurf, aventuras e família. Muita onda, surf art, velocidade, adrenalina boa e alto astral. Vamos em frente. Obrigado pela sua visita! Neko.

No imaginário do surfista

O legal de desenhar e pintar é poder criar imagens que só existem no nosso imaginário. Já pensou você numa onda dessa? Você, porque eu vou ficar só te olhando... Muito para mim... Hilton Alves, nosso brou brazuca é o pai dessa criança.

11 de nov de 2009

Tecnologia aprimorando o free-style

O desenvolvimento de novas tecnologias vêem ajudando nos esportes com materiais e formas novas que melhoram as performances dos equipamentos. Nesse video da Starboard, uma mostra de que os esportes se "ajudam". Prancha modelo ATOM de estilo livre.

10 de nov de 2009

Linhas

Linhas do Patrick Parker.

9 de nov de 2009

Existem dias mais exigentes que outros

Vôo de asa delta em 11/12/2005. Vento forte do quadrante leste. Me precipitei na cruzada sobre a cidade de Novo Hamburgo, fiquei baixo e não consegui seguir no vôo. Pouso difícil em uma fazenda com vento forte e turbulento. Topo de um morro. A medida que eu me aproximava do campo de pouso, térmicas bicudas e turbulentas me colocavam para cima de novo. Passei dificuldades... Nessa hora a adrenalina fica a mil e é a prova de fogo do autocontrole. Cheguei bem no solo posando num "corredor" entre árvores. Cachorros latindo ao fundo. Coloquei pedras no bolso e me armei com um pedaço de galho de árvore caso precisasse me defender dos cachorros... Tive que andar muito para chegar a civilização. Graças a Deus, tudo certo no final. Fui bem exigido nesse dia...

8 de nov de 2009

Pessoas comuns

Tem gente que pensa que surf é esporte para pessoas "diferentes" da maioria. Que nada! Surf é esporte para qualquer pessoa, qualquer sexo, qualquer idade. O tipo de onda preferida, estilo das manobras e objetivos é que mudam. Cada um tem suas preferências e caracteristicas. Pessoas comuns podem surfar. O ideal antes de começar é se informar para ter o equipamento adequado e evoluir progressivamente com responsabilidade. Sem sustos e com estilo!

7 de nov de 2009

A fish no pé do mestre

Tá bom que crianças iniciando no surf e surfistas com mais "experiência de vida" podem surfar bem numa fish. Mas nada melhor do que observar um surfista de competição como o Guga Arruda brincando com uma. Repare como essa fish da Power Light tem um surf fluído e utiliza muito as bordas. Surf de linha. Marolas minúsculas se tornam ondas boas e perfeitas!

6 de nov de 2009

Evoluindo

A medida que o tempo vai passando a tendência é que acumulemos mais conhecimento. Luiza, minha filha vem vindo, no tempo dela, melhorando dia a dia o seu surf. Sem pressão de minha parte, procuro levar o assunto como aconteceu comigo na adolescência. Brincadeira, diversão. Neste final de semana passado pudemos pegar algumas ondas juntos. A Luiza tem uma prancha de surf Arquivo 6' 4" que gosta muito. Ofereci para ela minha fish Power Light 5' 6" para ela experimentar. E não é que ela gostou do brinquedo! Segundo ela "é possível mexer essa prancha na onda". Fiquei amarradão com o acontecido. Mostra que ela está se divertindo e evoluindo, no seu tempo, no seu surf. Parceria garantida para pegar marolas!

4 de nov de 2009

Em forma

O tempo vai passando. Nossos reflexos não são mais os mesmos. A estrutura vai se deteriorando. A explosão dos músculos perde velocidade. O peso e o penteado mudam. Fim do mundo? Fim do surf? Que nada! Apenas outra época da vida. E é muito possível um surf de qualidade sim. Tubo é tubo desde que apareceu a água no mundo. Sempre vai haver tubo enquanto houver água. Entubar é uma manobra que independe do tempo. Uma rasgada, um aerial, porque não? Olha só o rapaz da imagem ao lado. Tem mais que 40 anos de idade? Um verdadeiro sauro? Um surfsauro! Criação do Tora.

3 de nov de 2009

Lip

Nessa imagem, quase tudo é um LIP. Clark Little com sua camera mágica congelou esse momento de movimento natural do mar. Espelho de vidro e através dele o céu como fundo.

2 de nov de 2009

Dia completo de vôo

Familia acompanhando, pilotos na rampa, horas de vôo, pouso no final do dia. Ingredientes de um dia de vôo de asa delta. No video abaixo, dia clássico em Nova Petrópolis/RS. Céu azul, ventos do quadrante norte. Neste video consegui capturar uma cena em que venho voando acompanhando a cordilheira da rampa. Nesta cena é possível entender bem como é o relêvo na região desta rampa de decolagem.

1 de nov de 2009

Entocado

O jogo de cores que David Pu'u conseguiu nesta foto é impressionante! Um visual de tubo cássico que só é parte da visão de quem vive entocado nesses buracos, como o David Pu'u.